Esta semana esta sendo muito importante para as politicas das acoes afirmativas no Brasil. O Supremo Tribunal Federal(STF) ira analisar a constitucionalidade destas acoes. Apesar do favorecimento da populacao em geral a estas politicas publicas de governo, setores mais conservadores como a midia com seus editoriais e materias alarmistas, tentam de todas as maneiras descarrilhar este importantissimo debate. Ou seja, para ela, este tipo de programa governamental nao funcionara no pais por causa de sua imensa diversidade etnica. Para a midia em geral, as Acoes Afirmativas trarao para o Brasil um clima de hostilidade jamais visto no pais. E claro que estes senhores que prenunciam o arrmagedom querem que continue o status quo e a total invisibilidade dos afrobrasileiros dentro de seu propio pais. Pais este que seus antepassados ajudaram a construir sob o pesado chicote do portugues. O que muitos destes conservadores nao contavam era com a forca da populacao afrobrasileira na luta pelos seus direitos. De Norte a Sul do pais, jovens estao debatendo esta questao. sem o apoio da midia em geral.
Se a luta por partes daqueles que acreditam nas Acoes Afirmativas como uma maneira nao de recompensar os descedentes de escravos, mas sim de abrir uma oportunidade a milhoes de jovens que infelizmente nao teriam outra maneira de ingressar nas Universidade publicas, precisava de algum respaldo internacional, isto aconteceu nesta Quarta Feira dia 3.03.2010 na pessoa da Secretaria de Estado dos EUA, a senhora Hillary Clinton.
Isto mesmo leitor(a). A Secretaria de Estado norte americana de passagem pela America Latina e Brasilia aceitou o convite para participar de uma discussao sobre diversos assunntos relacionados ao Brasil e aos EUA na primeira Universidade Afrobrasileira, a Zumbi dos Palmares em Sao Paulo. Ao ser perguntada o que achava das polticas governamentais conhecidas como Acoes Afirmativas, ela foi categorica dizendo que no seu pais apesar de nao ser usada com tanta frequenquencia hoje em dia, esta politica abriu as portas para milhoes de afroamericanos. Ela defende nao so a adocao destas politicas, mas tambem que as Universidades envolvidas com elas tem a obrigacao de acompanhar os alunos que chegam em desvantagens, para que estes atinjam seus objetivos. Ou seja, terminar o curso. Para ela, e erronea a ideia de que depois que o aluno entre no curso superior com a ajuda desta politica, a Universidade simplesmente o abandone mostrando com isto que ele nao era material universitario. Ela disse tambem que estava a par da pequena porcentagem de alunos afrobrasileiros que conseguem engressar nas Universidades num pais onde metade da populacao e afrodescendente. Par ela este numero e inaceitavel.
Demostrando muito conhecimento do que falava e com muita simpatia, Hillary Clinton abordou varios assuntos. Ela deixou no ar a ideia que mudancas so acontecem depois de muita luta. Uma coisa ficou clara depois de sua visita, ela esta do lado dos afrobrasileiros na questao das Acoes Afirmativas. Por esta a midia brasileira certamente nao esperava!


Exibições: 22

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de Sérgio Cumino em 6 março 2010 às 14:05
A sociedade organizada tem força e representatividade, e faz ecoar, suas necessidades. E provoca avanços mesmo com a cara feia, dessa burguesia dominante. Valeu Edson

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2019   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço