UNFPA apresenta diagnóstico do Subúrbio Ferroviário e Ilha de Maré em Salvador

Análise realizada no âmbito do projeto “Oju Omo - Olhar da Juventude”, em parceria com a Cese, servirá como subsídio para efetivação de políticas voltadas para juventude

Redação Correio Nagô* – Resultados de um diagnóstico de situação realizado no Subúrbio Ferroviário e da Ilha de Maré, no âmbito do projeto “Oju Omo – Olhar da Juventude”, será apresentado nesta quinta-feira (12), 8h30, no espaço cultural dos Alagados, em Salvador.

Foto: (Subúrbio Feroviário) Anderson Sotero

Realizado pelo Fundo de População das Nações Unidas (O UNFPA), em parceria com a Coordenadoria Ecumênica de Serviços (Cese), o estudo foi desenvolvido, segundo a assessoria do Unfpa, para subsidiar o projeto voltado ao aprimoramento de habilidades de jovens líderes que integram redes e organizações da sociedade civil, e poderá também servir como instrumento de apoio à efetivação de políticas públicas já existentes.

Na sistematização, constam dados socioeconômicos e demográficos, informações sobre a rede de serviços disponível e as dinâmicas culturais dos territórios.

Durante o evento também será apresentado o resultado da pesquisa qualitativa realizada com as lideranças juvenis que participarão do projeto e com as lideranças comunitárias que darão suporte às ações de disseminação de conhecimentos e mobilização.

Ainda segundo a assessoria do Unfpa, a pesquisa teve por objetivo “avaliar os conhecimentos que as lideranças têm sobre os temas que serão abordados na iniciativa (Direito à Informação e Comunicação, Direitos Humanos, Mediação de Conflitos, Prevenção de DST/Aids, Promoção à Saúde, Relações de Gênero, Sexualidades, Direitos Sexuais e Reprodutivos e Uso de Álcool e Outras Drogas), além das necessidades e expectativas em relação ao “Oju Omo” e às políticas de juventude”.  

“O diagnóstico aponta as oportunidades dos territórios, mas também suas vulnerabilidades e o que precisa ser melhorado nas políticas voltadas para jovens. O projeto em si servirá para fortalecer essas lideranças juvenis comunitárias, que terão uma noção ainda mais ampliada das realidades apresentadas. Nos grupos focais que fizemos pudemos observar que tanto os e as jovens como os e as líderes comunitários(as) destacaram as potencialidades existentes em termos de cultura, mas destacaram também a necessidade de investimento em educação, saúde e esporte”, ressaltou Letícia Araújo, consultora que elaborou o diagnóstico.

"OJU OMO – Olhar da Juventude”

O projeto tem como objetivo, de acordo com o Unfpa, reforçar o protagonismo juvenil, através da capacitação de jovens em temas voltados para saúde reprodutiva e direitos, com enfoque em gênero e raça; faz parte do processo de expansão do projeto “Promovendo Direitos de Jovens: Cultura e Saúde Sexual e Reprodutiva em Salvador”, criado pelo UNFPA e lançado em novembro de 2009, tendo como pioneira a Comunidade de Sussuarana.



*Com informações da assessoria do Unfpa

Exibições: 355

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de Lucyete Neves em 13 setembro 2013 às 23:46

  Estou com meu primo Renato, Ilha de maré é a nossa família

Comentário de Renato NP em 13 setembro 2013 às 21:56

Muito boa a iniciativa do órgão UNFPA,  mais espero o OJU OMO - olhar da juventude realmente acontece na comunidade de Ilha de Maré.

Sou filho nato da ilha,                                                 Renato neves.

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2021   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço