Anúncio de TV para branqueamento de genitália causa controvérsia e levanta debate sobre racismo na Índia

Um anúncio de TV indiana de um gel de banho para branquear a pele gerou controvérsia na Internet por sugerir que uma vagina mais clara é mais atraente para os homens.

 

A propaganda Clean & Dry Wash Íntimo, mostra uma jovem indiana aparentemente sendo ignorada pelo namorado. Logo depois, uma cena mostra uma mulher no chuveiro usando o produto, que produz um efeito  "brilho" em torno de sua área genital.  A cena continua com um corte de imagem para a mesma jovem que agora brinca alegremente com um namorado muito mais interessado nela.

 

Descrito como 'único', o produto é aparentemente destinada a manter a pele fresca e protegida de infecção durante todo o dia "com a vantagem adicional" de que ele vai "clarear a pele escura nessa área ... fazendo que a região tenha muitos tons mais claro ", de acordo com o site Mail Online.

 

O anúncio provocou uma reação online. O Wall Street Journal publicou um artigo de opinião contundente por Rupa Subramany que condenou o conceito de “clarear a genitália”, um insulto.

 

A Blogger Sharell acrescentou: "Sem dúvida, este último produto vai aumentar as inseguranças das mulheres sobre sua cor."

Cremes para branqueamento de pele são um grande negócio na Índia, onde o sistema de castas associa pessoas de pele mais escura com camadas mais baixas da sociedade.

 

Anúncios de TV para clarear a pele tem sido executado por muitos anos, estimulando a noção de que ter uma pele mais clara irá ajudar os usuários a chegar à frente no mundo do trabalho e torná-los mais atraentes para o sexo oposto. Uma ativista dos direitos das mulheres indianas disse a rádio americana NPR que as mulheres indianas estão tão preocupados com pigmentação que durante a gravidez eles vão comer açafrão e “ouro em pó”  na crença de que isso fará com que seus bebês sejam mais claros.

 

Produtos para claerar a pele, no entanto, têm sido associados com riscos para a saúde.

 

O uso prolongado de alguns produtos podem diluir a pele, e em casos extremos deixá-la tão sensível que um leve toque pode machucar a pessoa.

Fonte: Huffington Post

 

 

 

 

 

Exibições: 1107

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de Luzilene de Sousa e Silva em 12 junho 2012 às 19:49

e o perseguido num é preto também. será que tem como clarear? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Comentário de Maria Conceição Moreira de Sousa em 12 junho 2012 às 19:44

ISSO NÃO É DOIDERA, É RACISMO MESMO!!

Comentário de Jorge Barreto dos Santos em 12 junho 2012 às 18:13

Quer dizer que, além de ser peseguida agora a gostosona virou condenada, kkkkkkkkkkkkkk esse povo não tem o que fazer mesmo né tanta coisa pra se pensar para transforma o mundo dessas  maldades racistas e covardes, surge essa babaquise. huuuuum.

Comentário de Luzilene de Sousa e Silva em 12 junho 2012 às 17:05

A minha perseguida é linda pretinha, kkkkkkkkk

Comentário de Negro Rai Torransu em 12 junho 2012 às 11:19

Menino, quer dizer que até a "perseguida" é vítima de racismo???

Comentário de antonio carlos santos da silva em 12 junho 2012 às 10:26
Infelizmente, para minha tristeza e de nossos afrodescendentes, vítimas de tanto escárnio nesta sociedade escravocrata e perversa, é motivo para muita preocupação. Isto, na verdade , é mais uma tentativa de estratificar a sociedade (lá na Índia - cujos motivos , eles mesmos o sabem).Para nós, aqui no BRasil, paira a imagem do grande distanciamento social provocado pelo padrão de beleza (clareza), que esta noticia traz no seu bojo, já não bastam os (maus) exemplos de modelos (brancos, olhos azuis...) "iluminados " pela mídia televisiva...O que falta agora para nos surpreender? Com a palavra, as mulheres (mais uma vez!!!!!!)
Comentário de Luzilene de Sousa e Silva em 11 junho 2012 às 20:51

ISSO É DOIDERA, KKKKKKK

Comentário de Instituto Mídia Étnica em 11 junho 2012 às 20:18
Comentário de Instituto Mídia Étnica em 11 junho 2012 às 19:38

Ouça essa matéria sobre branqueamento na Índia feita pela rádio pública dos EUA, NPR (em Inglês)

http://www.npr.org/templates/story/story.php?storyId=120340646

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2020   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço