Protesto contra o racismo no Shopping Higienópolis em SP

Organizado pelo "Comitê contra o genocídio da juventude negra", o ato saiu da Santa Cecília e terminou dentro do Shopping Higienópolis.

Exibições: 435

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de Luiz Souza em 22 fevereiro 2012 às 20:38

alguns ainda tem dignidade para protestar. Parabéns, Comitê.

Comentário de Maria Olina Souza em 17 fevereiro 2012 às 18:35

Fiquei bastante emocionada, a energia vibrou aqui em mim, muito importante esta manifestação com a cara do Brasil. Que os deuses e deusas continuem abençoando manifestantes por todo o Brasil.

Comentário de Eu em 17 fevereiro 2012 às 17:05

Vcs sabiam que o Brasil convidou americanos confederados, ex-fazendeiros sulistas  que perderam a guerra de secessão  nos Estados Unidos, a virem morar no Brasil? Que os americanos confederados receberam incentivos financeiros de entidades públicas e privadas para se mudarem e se instalarem no Brasil? http://www.achetudoeregiao.com.br/ATR/Imigrantes_Americanos_no_Bras... Você conhece uma cidade brasileira chamada  Americana no estado de São Paulo? http://pt.wikipedia.org/wiki/Americana ;

(A Guerra de secessão se deu porque os americanos confederados sulistas queriam manter os africanos e seus descendentes como escravos, trabalhando de graça, ou seja, queriam continuar explorar sem pagar, não dar poder ou status de cidadãos, nos Estados Unidos e o norte Yankee não queria.) http://pt.wikipedia.org/wiki/Guerra_Civil_dos_Estados_Unidos_da_Am%....

Os americanos confederados sulistas  com a perda da guerra, perderam também suas terras, seu dinheiro e posição social de destaque e foram convidados mesmo pobres a virem morar no Brasil, receberam casa , terra para plantar e escravos africanos e descendentes com financiamentos muitos baixos, chamados:bianuais, e com a ajuda do governo luso-brasileiro; desenvolveram comunidades próprias; entidades como: escolas, igrejas, teatro etc.

Os americanos confederados escolheram morar inicialmente entre as cidades de Santos e São Paulo, por causa do porto de Santos, onde eles poderiam comercializar seus comododites. Eles casavam entre eles e não queriam nem apoiavam o casamento com os portugueses-brasileiros ou luso-brasileiros,não falavam portugues, nem aprederam e tinham outra religião, mas ficaram no Brasil por vários anos como: fazendeiros, empresários, comerciantes, profissionais liberais e assalariados.Os americanos confederados exportaram seus comodites pelo porto de Santos. Depois de algum tempo os muitos americanos confederados sulistas; por não entenderem a política brasileira, já com característica de corrupção e burocracia, que fazia tudo ficar mais complicado e não aceitarem se associar aos luso-brasileiros;  voltaram para os Estados Unidos vendendo seus bens para novos imigrantes que perderam a 1a.guerra mundial. http://pt.wikipedia.org/wiki/Primeira_guerra_mundial . Só alguns poucos ficaram e migraram para outros estados também.

Assim como os americanos confederados, outros grupos foram convidados a mudar para o Brasil. Todos incentivados pela política luso-brasileira do BRANQUEAMENTO populacional, já que os brasileiros eram, e até hoje são, na sua maioria, africanos descendentes. O Brasil dos Portugueses e seus descendentes temian que poder economico e político fossem controlados pelos africanos descendentes no futuro próximo, por causa da maioria populacional de africanos descendentes.

Os novos imigrantes chegaram com status de "elite" e com incentivos financeiros do governo e de entidades privadas como bancos por exemplo, poderam escolher se abrirem negócios, comparem terra ou trabalharem por salários e muitos ficaram e desenvolveram seus "bairros nobres".

Muitos imigrantes vieram depois de perderem também a 2o.guerra mundial. Onde a alguns países: da asia, do oriente medio e da europa se aliarão contra o bloco tríplice.

Comentário de Dilnei Severo em 14 fevereiro 2012 às 14:39

Parabéns a todos aqueles que tiveram a coragem de participar deste ato.

Porém é necessário traduzir esta indignação e voto em candidatos negros nas proximas eleições.

Comentário de maria cristina batista alves em 12 fevereiro 2012 às 19:40

OLÁ COMPANHEIROS NEGROS, HOJE AO ABRIR MINHA PÁGINA DO CORREIO NAGÔ,FIQUEI TRISTE PELA ATITUDE RACISTA DO  SHOPPING,MAS FIQUEI MUITO EMOCIONADA CO A ATITUDE FORTE DE POSIÇÃO DE DIREITO DA JUVENTUDE DA SANTA CECILIA, APLAUSOS PARA VOCÊS E DIGO ME EMOCIONEI COM LAGRIMAS AO VER O VÍDEO,COMO GOSTARIA DE TER ESTADO LÁ COM VOCÊS,VOU PASSAR ESSE INFORME PARA TODOS OS NEGROS E NÃO NEGROS AQUI NO RIO E AOS DIRIGENTES COMO EU DO MOVIMENTO NEGRO MUNICIPAL DO PDT AO QUAL FAÇO PARTE, FORÇA POIS A LUTA É ÁRDUA MAS, NÃO É INVENCÍVEL.

  

Comentário de Bartira Martins Silva em 12 fevereiro 2012 às 19:01

A propósito, quem puder leia a Revista da Folha de hoje, onde Emanoel Araujo comenta sobre o quão difícil é ser negro em São Paulo. Onde um conhecido dele disse nunca ter ido no Museu AfroBrasil (criado e dirigido por êle) porque "lá é um lugar onde só tem macumba"...

Comentário de Bartira Martins Silva em 12 fevereiro 2012 às 18:58

Fiquei veramente emocionada com a postura da "senhôra",captada pela Folha de São paulo, hoje, dia 12 de fevereiro de 2012:

"A manifestação surpresa dividiu opiniões entre frequentadores do shopping. A arquiteta Ivani Lo Turco, 58, desaprovou completamente.

"Achei ridículo. Afinal de contas, esse negócio de racismo onde é que está?"

Questionada a respeito a declaração dos manifestantes sobre a pequena quantidade de negros dentro do estabelecimento, Ivani discordou enfaticamente: "Você viu a quantidade de seguranças negros, de empregados?"."

Rio ou choro?

Comentário de Domingos Santana UFBA. em 12 fevereiro 2012 às 18:43

Parabens! A todos negros e negras que participaram desse peotesto!Peço ao movimento negro que faça urgente Manifestação parecida aqui em salvador! A luta Continua!

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2021   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço