Incêndio destrói redação do Voz da Comunidade e pousada do AfroReggae

Redação Correio Nagô* - Na madrugada desta terça-feira (16), a redação do jornal Voz da Comunidade e a pousada do AfroReggae, na Favela da Grota, no Conjunto de Favelas do Alemão, na Zona Norte do Rio, foram incendiadas.

O coordenador do AfroReggae, José Junior, destacou que considera o incêndio foi criminoso. Bombeiros chegaram ao local por volta das 4h40, mas as chamas já haviam consumido todo o estabelecimento.

Foram acionados três carros do Corpo de Bombeiros, do quartel de Ramos. Os bombeiros levaram cerca de uma hora e meia para controlar as chamas. Uma pessoa, ainda não identificada, sofreu queimaduras no corpo, segundo José Junior.

Em sua conta no Facebook, o estudante Rene Silva, que está à frente do Voz da Comunidade, postou uma foto da redação destruída pelas chamas.

"Nem tão bom dia assim, redação do voz da comunidade amanhece assim nesta terça-feira", escreveu o jovem.
A redação do jornal comunitário e a pousada, que seria inaugurada no dia 5 de agosto, ficam no mesmo prédio.

O coordenador da ONG afirmou que vai prestar depoimento à polícia, que vai investigar o caso. "Tínhamos acabado de reformar todo o espaço, estava tudo novo, o ar-condicionado, tudo novo", falou Junior, que postou em sua página no Twitter, uma imagem dos bombeiros em frente ao estabelecimento.

Mensagens - José Junior disse ao site G1 que recebeu mensagens de testemunhas, por volta de 1h desta terça-feira (16), avisando que um grupo havia invadido o local.

No entanto, Junior explica que só viu a mensagem no início da manhã, quando também tomou conhecimento do incêndio. "Eu estava dormindo, e não vi essas mensagens que recebi por volta de 1h, só vi por volta de 5h, quando fui acordado com a notícia do incêndio", comentou.


Voz da Comunidade - Em novembro de 2010, durante a ocupação policial no Conjunto de Favelas do Alemão, o adolescente Rene Silva ganhou notoriedade ao relatar em tempo real, através das redes sociais, os acontecimentos do conflito. Quando ainda tinha 11 anos, o menino fundou o jornal Voz da Comunidade, que depois se tornou internacionalmente conhecido.

"Reunido com a equipe do Voz da Comunidade neste momento para discutir sobre algumas mudanças no nosso projeto daqui pra frente e novidades que estão por vir ainda este ano", postou Rene


"Meu objetivo sempre foi prestar serviço à comunidade e ajudar de alguma forma. Usei a ferramenta do twitter para isso e vou continuar twittando porque precisamos de mais investimentos na comunidade, como educação, saúde, saneamento básico e segurança", disse o jovem, na época.

No fim de 2010, Rene ganhou a redação do Voz da Comunidade após participar do programa Caldeirão do Huck. O jovem também participou como pesquisador da novela "Salve Jorge" e do programa "Esquenta", da TV Globo.

“Não vou desistir nunca. Deus nos fortalece cada dia mais!!! Tenho fé que tudo vai dar certo, vamos reerguer nosso trabalho e continuar dando voz à nossa comunidade”, postou Rene na tarde desta terça.

*Com informações do G1 e da Redação do Correio Nagô

Exibições: 276

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de Rafaela Vipper em 18 julho 2013 às 19:10

Lamentável e muito estranho!

Comentário de Elzy Nascimento em 16 julho 2013 às 23:12

Lamentável!!

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2022   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço