NO COPYRIGHT INFRINGEMENT INTENDED. I was on youtube and discovered this disturbing video of a religious man talking about homos and da poo poo. Just watch i...

Exibições: 43

Comentar

Você precisa ser um membro de Correio Nagô para adicionar comentários!

Entrar em Correio Nagô

Comentário de Mauro Santos em 3 agosto 2010 às 7:20
Informacoes homofóbicas estao sendo espalhadas em Uganda por um pastor chamado Martin Ssempa secretário da “Forca Tarefa Nacional Contra a Homossexualidade em Uganda”. O vídeo mostra um dos encontros da comunidade onde o pastor mostra para o público os resultados de sua “pesquisa” sobre o que os homossexuais fariam entre quatro paredes. A apresentacao de Ssempa inclui relatos de práticas de fisting – penetracao sexual praticada com o punho, ou braco - uso de drogas e usa o termo “eat da poo poo” (algo como: comedores de cocô) como definicao do que seria um homossexual. Tudo isso foi feito com o intuito de por em marcha os objetivos de se criminalizar a homossexualidade em Uganda.

@Nice eu fico mais alarmado com a disseminacao em determinados países africanos de idéias tais quais a homossexualidade ser um mal passado pelos brancos (como os direitos humanos) do que propriamente a mencao a Obama, a meu ver apenas uma estratégia para se conseguir mais divulgacao internacional da homofobia ugandense.
Comentário de Nice Borges em 3 agosto 2010 às 1:47
(For non portuguese speakers)This video is disgusting... And the references and signs against Obama are very disturbing as well. Any African-American checking it? Let me know what do you think.

Achei o vídeo impossível de acreditar. Paulo, o vídeo além de humilhar os homossexuais faz menção aos mesmos como "comedores de fezes" enquanto praticam o ato sexual. Também sugere que enquanto fazem sexo os homossexuais enfiam todo o braço no anus uns dos outros, uma prática, segundo o pastor, violenta e dolorosa mas que dá prazer aos praticantes. Porém o ue eu achei mais problemático foi o fto de, ao descrever essas cenas dantescas e surreais, o pastor pergunta para a congregação se eles irão permitir que Barak Obama legalize e permita essas práticas naquele lado da África com desculpa de estar defendendo os direitos humanos. Claro que a congregação responde em um só coro "NÃOOOOOOOOO!"
Vou tentar repassar esse vídeo para alguns amigos africanos daqui dos EUA e ouvir a opinião deles. Valeu Mauro!
Comentário de Paulo Rogério em 2 agosto 2010 às 0:40
Terrível esse tipo de abordagem homofóbica desse tal pastor/missionário..Mauro, vc pode resumir um pouco em português para que os que não sabem inglês possam entender o contexto?
Comentário de Mauro Santos em 30 julho 2010 às 12:33
Curioso pra ver se e como alguém comenta este vídeo.

Translation:

Publicidade

Baixe o App do Correio Nagô na Apple Store.

Correio Nagô - iN4P Inc.

Rádio ONU

Sobre

© 2022   Criado por ERIC ROBERT.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço